#EP19 – As tensões de Jane Jacobs.

“Visionária”, “profetiza”, “heroína de nosso tempo”, Jane Jacobs é a autora mais influente do urbanismo da segunda metade do século XX. Morte e Vida de Grandes Cidades é leitura obrigatória em toda a faculdade de urbanismo pelo mundo e tornou-se o livro de cabeceira de políticos de diferentes espectros como José Serra e Marta Suplicy. Mais de 50 anos depois, como podemos ler, entender e, da mesma forma, criticar seus princípios? A Dra. Bianca Tavolari do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) e do Insper conversou com o Cidades Visíveis sobre o tema.

CIDADES VISÍVEIS #EP19 – AS TENSÕES DE JANE JACOBS com BIANCA TAVOLARI

Bibliografia

TAVOLARI, Bianca. Jane Jacobs: Contradições e tensões. Rev. Bras. Estud. Urbanos Reg., SÃO PAULO, V.21, N.1, p.13-25, JAN.-ABR. 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbeur/v21n1/2317-1529-rbeur-21-01-13.pdf

MÚSICAS DO EPISÓDIO

A cidade ideal (Os Saltimbancos)

With a little help from my friends (Joe Cocker)

Ouça o Cidades Visíveis no site [www.cidadesvisiveis.com.br], no SPOTIFY [ https://open.spotify.com/show/5uBoE8iVPNFsNAEYs359kI] ou no seu agregador de podcasts.

Comentários, críticas ou sugestões para o podcast? Escreva para podcast.cidades.visiveis@gmail.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s